Primeiros Socorros - Introdução

Primeiros Socorros são os primeiros cuidados que devem ser tomados em caso de acidente, procurando manter a vítima em condições de esperar a equipe de resgate.

O objetivo de quem presta os primeiros socorros é o de proteger a vida do acidentado e reduzir o seu sofrimento. Mas, há necessidade da pessoa ter consciência de que o melhor trabalho só quem poderá fazer é o socorrista.

A primeira atitude que deve ser tomada em caso de acidente, é procurar um telefone e chamar o serviço médico especializado!

Em caso de Acidente de Trânsito:

  • Avalie o local antes de fazer qualquer coisa;
  • Pare seu veículo em local seguro;
  • Sinalize o local com o triângulo e galhos de árvores;
  • Ligue o pisca alerta;
  • Ilumine o local com lanterna ou luz do veículo, jamais use fósforo ou uma chama de fogo exposta;
  • Coloque as luvas de procedimentos (cirúrgicas);

Observação: Aprenda a sinalizar corretamente a via usando o triângulo, o pisca alerta, ou galhos, cuidando da própria segurança, para não ser atropelado por condutores que estejam em movimento na via neste momento.
 

Para que e porque imobilizar o corpo?

Movimentar um osso quebrado pode provocar sérios ferimentos.

  • Na coluna: se houver fratura numa vértebra, o fragmento do osso corta a medula, causando paralisia ou até a morte. Aprenda a improvisar uma padiola.
  • Nos demais ossos: se a pessoa não for imobilizada corretamente, um osso quebrado pode sair do lugar e perfurar algum órgão ou cortar uma veia ou uma artéria.

Exame Primário:
A - Coluna Cervical e Vias Aéreas.
B - Respiração.

  • Ver;
  • Ouvir;
  • Sentir.
C - Circulação.
  • Batimentos cardíacos;
  • Pulso;
  • Controle das grandes hemorragias.
D - Exame Neurológico.

E - Exposição da Vítima.
  • Sem expor a pessoa, afrouxar ou se necessário, cortar a roupa.
Atitudes importantes durante os procedimentos
  • Agir rápido, porém com calma;
  • Inspirar confiança;
  • Afastar curiosos, evitando comentários trágicos.
Enquanto estiver socorrendo
  • Ver se a pessoa está respirando;
  • Se consciente, perguntar o que sente e observar possíveis hemorragias;
  • Somente encostar nos ferimentos para conter a perda de sangue;
  • Não dar líquidos para beber, somente umedeça os lábios constantemente.

Transporte de vítimas

Quando e como movimentar e transportar a vítima? Quando seu estado estiver se agravando rapidamente; quando houver a certeza de que o socorro não virá.

  • Antes de remover uma pessoa, verificar seu estado, ou seja, se ela não apresenta fraturas;
  • Não elevar a vítima sem que ela esteja apoiada. O corpo deve estar reto, improvise uma padiola para que não ocorra danos à medula, nos casos de fratura na coluna;
  • Sempre proteger a cabeça;
  • A movimentação e o transporte deve ser feito através de maca, ou de uma improvisação de uma padiola, com cobertores, tábuas, galhos retos, etc.;
  • Imobilizar o pescoço;
  • Procurar um médico;
  • Outras formas de transporte por uma ou mais pessoas, arrastando e elevando a pessoa, só deve ser feito, se você tiver absoluta certeza que a vítima não tem fratura na coluna.
 Omissão de socorro, além de ser uma irresponsabilidade, é crime previsto no Código de Trânsito Brasileiro em seu artigo 304.
Recomendar esta página via e-mail: