Primeiros Socorros - Desmaios, Choque e Convulsões

Desmaio

É a perda repentina da consciência. Pode ser provocada por fome, nervosismo, calor excessivo ou por qualquer outro fator agravante.

Um simples desmaio, não demora mais do que um ou dois minutos, mas pode ser prolongado.

Cuidados:
  • Deitar a pessoa de costas ou de lado quando você tiver a certeza que ela não apresenta fratura na coluna, com a cabeça baixa, elevando as pernas.
  • Arejar o ambiente.
  • Se o desmaio demorar mais que um ou dois minutos, agasalhar a pessoa.
  • Procurar um médico.
     
Estado de Choque

Fenômeno que ocorre quando a descarga de sangue por parte do coração não é suficiente para prover o total enchimento das artérias de alguma região do corpo, nem se encontra sob pressão suficiente para atingir os órgão e tecidos.

Pode ser provocada pela hemorragia, estado emocional, excesso ou falta de droga farmacológica ou não, etc.

Cuidados:
  • Manter a pessoa deitada com a cabeça mais baixa que o tronco. Isto deve ser feito somente se a pessoa não apresentar fratura na coluna.
  • Não dar líquido ou dar tapinhas na face, apenas umedeça os lábios.
  • Sem expor a pessoa, afrouxar a roupa.
  • Retirar da boca qualquer objeto que possa sufocá-la.
  • Se a pessoa sentir dificuldade para respirar, perder a consciência ou vomitar, colocá-la na posição de recuperação, que é a lateral.
  • Se ela parar de respirar, iniciar imediatamente a respiração artificial.
  • Manter a pessoa agasalhada.

O Estado de Choque pode se instalar imediatamente ou se desenvolver aos poucos de duas a três horas. Pode matar se as causas não forem controladas.

 

Convulsão

Popularmente chamada “ataque”, são contrações violentas, súbitas e involuntárias dos músculos voluntários. A pessoa apresenta enrijecimento muscular e estica o corpo.

Pode ser provocada por febre, distúrbios neurológicos, em exemplo a epilepsia, etc.

Cuidados durante a convulsão:
  • Colocar a pessoa deitada de lado, para que em casos de salivamento, vômito ou hemorragia, ela não seja sufocada, pelos próprios fluidos;
  • Não segurar ou conter a pessoa, porque você pode machucar-se ou machucar a pessoa;
  • Enquanto ela cai, proteger a cabeça para que na queda ela não sofra fratura de crânio;
  • Colocar algo macio embaixo da cabeça, para não ocorrer a fratura de crânio durante os momentos em que ela estiver se debatendo;
  • Retirar do corpo da pessoa e próximo a ela, qualquer objeto que possa machucá-la;
  • Afrouxar a roupa sem expor a pessoa;
  • Não colocar pano ou qualquer objeto entre os dentes da pessoa, porque durante o enrijecimento muscular, pode ocorrer fratura dos dentes e da mandíbula, bem como afogar a pessoa.

Cuidados após a convulsão:

  • Mantê-la deitada em posição de recuperação, que é deitada de lado;
  • Procurar um médico.
Recomendar esta página via e-mail: