Você no Trânsito - Motorista

As normas de trânsito servem para orientar e organizar o trânsito de forma que todos saibam o que fazer e entendam o que os outros irão fazer, respeitando preferências e a sinalização existente no local.

Orientações:

  • Programar percursos econômicos e seguros;
  • Conhecer, conservar e respeitar as leis e sinais de trânsito;
  • Guardar uma distância segura entre o seu veículo e o que vai à sua frente;
  • Evitar andar “colado”, para garantir o domínio do veículo;
  • Nunca ultrapassar em curvas, subidas, descidas, pontes, viaduto, faixa contínua, chuva, neve, cerração, geada ou qualquer outra situação que impeça o ver e o ser visto;
  • Redobrar a atenção à noite, quando chove ou com neblina. Use faróis baixos e reduza a velocidade;
  • Nas vias não iluminadas o condutor deve usar luz alta, exceto ao cruzar outro veículo (mesmo que não automotor) ou segui-lo. Neste aspecto observe que não podemos usar a luz alta em regiões de matas, florestas, campos ou águas, pois existem animais e eles podem ser atraídos pelas luzes e o impacto é inevitável;
  • A troca de luz alta e baixa, de forma interminente e por curto período de tempo, com o objetivo de alertar os outros condutores, somente poderá ser utilizada para indicar intenção de ultrapassagem ou para indicar a existência de risco à segurança para os condutores do sentido contrário;
  • Usar sempre o cinto de segurança e faça seus passageiros usarem também;
  • Dirigir sempre na velocidade permitida, porém quando a via apresentar problemas, noite, chuva, neblina, neve, condutores não automotores, pedestres, animais, reduzir a velocidade de maneira compatível com a segurança;
  • Consultar antecipadamente guias e mapas rodoviários. Mantendo-os no porta-luva;
  • Ter a todo momento, o domínio de seu veículo, dirigindo-o com atenção e cuidados indispensáveis à segurança do trânsito;
  • Reduzir a velocidade em dias de chuva, examinar os frisos dos pneus, fazer a calibragem correta, ficar atento quanto às condições da pista;
  • Manter a documentação e o licenciamento do seu veículo sempre em dia;
  • Andar com o original da carteira de habilitação, além dos outros documentos;
  • Parar seu veículo antes da faixa de retenção, pois o pedestre é mais fraco e desprotegido do que o veículo que você dirige. Você tem uma máquina em suas mãos;
  • Não estacione seu veículo em lugares reservados à pessoas com deficiência;
  • A faixa de segurança é território do pedestre;
  • Realize exames médicos periodicamente;
  • O álcool, as drogas e os remédios causam reações em seu organismo e modificam seu comportamento;
  • Conheça os efeitos destas substâncias: diminuição do raciocínio rápido, da capacidade de ouvir e enxergar e da reação muscular;
  • Saiba que esses efeitos influem na sua capacidade de locomoção e na sua habilidade para conduzir um veículo;
  • Somente tome remédios com indicação médica;
  • Sob efeito dessas substâncias, não dirija.

Condutor Defensivo

Em qualquer papel de usuário do trânsito (pedestre, condutor, cavaleiro, condutor de veículo não automotor ou passageiro), a conduta consciente e participativa colabora para a segurança no trânsito. Especial atenção merece aqui o condutor, que tem a responsabilidade de conduzir um veículo e que, por isso, tem o dever de se preparar para desempenhar bem o seu papel.

  • Conhecer as leis, regras de circulação e sinalização e obedecê-las sempre, em qualquer local e horário;
  • Usar sempre o cinto de segurança ou o capacete com viseira ou óculos protetores e os demais equipamentos obrigatórios (em boas condições de uso);
  • Conhecer o veículo que está conduzindo e saber usá-lo corretamente, consulte o manual do veículo e o manual de todos os dispositivos e peças, que por lei acompanham o produto na hora da compra e venda;
  • Manter o veículo sempre em boas condições de funcionamento e abastecido de combustível, óleo e água;
  • Prever situações inesperadas, ficar atento e ser capaz de tomar decisões corretas com rapidez para evitar acidentes;
  • Nunca aceitar desafios e provocações de condutores, não sabemos o que outras pessoas tem em pensamento, deixe-os ultrapassarem;
  • Não conduzir cansado ou com sono, sob efeito do álcool, rebites, remédios ou qualquer outra substância tóxica;
  • Não confiar apenas na sua habilidade, os instrumentos do painel do veículo ajudam a tomar decisões certas;
  • Procurar ver tudo que está acontecendo à sua volta e certificar-se de que todos estão vendo o seu veículo e a sinalização que estiver usando, de forma correta.
Recomendar esta página via e-mail: